13Fev/14

Segunda semana de escolinha? Então tá na hora de ir sozinho.

POR: MirelaCATEGORIA: Dicas, Educação, Papo de Mãe(2) COMENTÁRIOS

Mais um dia se passou e ele parece estar cada vez mais confortável na escolinha e isso me deixa feliz.

Sei que ele sabe que eu vou, mas volto. Sei também que ele viu que está indo pra se divertir e que escolinha é um lugar legal pra passar umas horinhas com os novos amiguinhos, sem ter a mamãe por perto. Mas Matheus é a minoria. Ainda tem muitos coleguinhas lá na escolinha dele que choram, e tem também um sem número de babás (e algumas mães) que estão lá e sem querer, estão dificultando todo o trabalho de adaptação das professoras.

Você é uma das mamães que tá mandando a babá junto com o pequeno para a escolinha? Então é com você que eu quero carinhosamente conversar hoje.

Mamãe, a babá na escolinha na segunda semana já não é legal. Veja só: A primeira semana serviu para o seu filho conhecer a escolinha que você cuidadosamente escolheu pra ele. A segunda semana já é para ele se acostumar a ficar só com as professoras e auxiliares, cujas quais você precisa confiar e deixar que criem laços com seu pequeno.

Se você manda a babá, você está apenas maquiando a adaptação do seu filho e confortando o seu coração.

Pense comigo, com ou sem babá, ele vai ter que passar pela fase de adaptação quando se encontrar sozinho. Com você ou a babá lá, ele está digamos que se acostumando de forma errada.

Ele vai achar que a babá vai ficar junto com ele lá sempre, e quando ela deixar de ir, porque um dia ela vai ter que deixar de ir, ele vai sentir e os dias que se passaram adiantaram de muito pouco. Além disso, as crianças que não estão com babá na sala  sentem, e isso dificulta o processo delas também.

Mamãe confie na professora! Acredite que quando ele fica só com ela, ele fica beeem melhor do que quando tem alguém que lhe é familiar por perto. E 99% das crianças, quando os pais viram as costas e saem do campo de visão delas, elas param de chorar em muito pouco tempo.

 O processo de adaptação passa por nós mamães também. Aliás, o processo de adaptação começa por nós. Precisamos passar confiança pra os nossos filhos. Mostrar que tudo está bem e vai dar certo e ganhar coragem para empurra-los pra fora do ninho sem medo. Nós no fundo sabemos quando eles já sabem voar sozinhos, não é?

Então… crie coragem e mande seu pequeno sozinho amanhã. Se ele chorar demais ou acontecer alguma coisa, tenha certeza que lhe ligarão na mesma hora. Mas eu aposto que tudo vai correr bem e você vai se surpreender.

 

[essb-fans style=flat cols=4]
 
TAGS , , , , , , , , , , ,

2 comentários

2 Comentários

Jessyka

13 de Fevereiro de 2014 às 18:42Responder

tenho uma amiga professora e ontem conversavamos sobre o assunto e ela me conto que esse é o principal problema que tem enfrentado, as mães que enviam as babas para a creche.. tira a liberdade da professora dificulta a criação de vinculo, pq ninguem consegue desempenhar seu trabalho 100% com alguem lhe encarando e avaliando, faltando pouco pegar um prancheta para dar notas na aulinha, e as crianças que a baba/mãe estao presentes tem ficam dengosas, chorosas, e algumas vezes agressivas com as outras crianças e o atrazo da adaptação desses faz com que dificulte o andamento da aula dos demais.

Aninha

2 de Março de 2014 às 11:01Responder

Oi Mirella, tudo bem? Me identifiquei com essa matéria. Meu filho tem 1 ano e 7 meses, e entrou na escola há 1 mes. Na primeira semana eu fiquei indo pra escola. Na segunda semana mandei a babá, mas foi a pedido da professora pq ele tava tendo uma adaptação bem lenta, chorando muito. Agora já se passou 1 mês e ele fica todo dia ainda triste, sem tanto choro, mas tão sentido…
Já percebo que tá um pouco melhor, mas ainda não vejo ele feliz, risonho, como ele é no dia-a-dia…mas sei que isso pode acontecer, depende de cada criança. Alguma dica a fazer nesse momento? Obrigada pelas dicas do blog, gosto demais!!!

Deixe um comentário