31Jan/14

Saudades do barrigão – Acho que é a vontade de ter outro

Eu amei estar grávida, curti cada segundo da minha gestação e por isso quis registrar tudo o mais que podia.
Como descobri a minha gravidez cedo, consegui tirar fotos de quase todas as semanas, mas sabe Deus porque não me lembrei cedo de fazer um acompanhamento por imagem daqueles que no fim junta pra ver a evolução sabe? E quando lembrei ja era "tarde", então fui registrando de várias formas.
Como na altura eu tinha um estúdio de fotografia (sim, sou fotografa mas não voltei a trabalhar depois que Matheus nasceu) eu fiz vários books meus.
Nunca mostrei aqui as minhas fotos favoritas de grávida e hoje acordei com uma saudade tãooo grande do meu barrigão que resolvi mostrar aqui algumas para vocês.
Acho que essa saudade é também culpa da imensa vontade que estou de ter outro filho.
Tenho vontade de reviver tudo, voltar a ter um bebê em casa, dar um irmão pra Matheus, mas ao mesmo tempo tenho receio… receio de não dar conta de ser mãe de dois, receio de Matheus sentir ciúme,  receio de não conseguir continuar a dar a atenção que dou ao meu príncipezinho… sei lá.
Tenho medo do segundo, não vou mentir, mas a vontade de o ter, a vontade de descobrir como tudo será é muito maior, por isso deixei nas mãos de Deus.
Quando ele quiser me enviar o próximo,  estaremos de braços abertos para o receber… o que eu só não contei ainda pra vocês é que talvez eu precise dar uma forcinha pra Deus me conceder esse desejo…
Para engravidar de Matheus eu tive que tomar um indutor de ovulação, não tenho ovários policisticos por muito pouco (preciso falar sobre isso aqui mas ainda não preparei o post, me perdoem) mas após 5 meses tentando, nós vimos que eu não ovulava tao fácil assim (meu marido é radiologista e eu o obrigava a acompanhar minha ovulação através do ultrassom dele #mejulguem) e comecei a tomar o indutor. Passei 3 meses tomando indutor e só no 4 mês é que engravidei.  Hoje sei que para engravidar eu terei que fazer o mesmo que fiz. Tomar o indutor novamente, mas por causa dos medos que falei acima e principalmente pelo medo de poder engravidar de gêmeos, sim porque as chances de engravidar de gêmeos é bem maior para quem toma indutor.
Eu sei que Deus sabe o que faz, que se tiver que ser será e tal, mas eu tenho medo de ter gêmeos por diversos motivos. Uns mais óbvios que outros, e por isso toda a vez que minha menstruação chega eu fico pensando e pensando e termino não tomando o dito comprimido.
Outro motivo que tenho medo do próximo filho é por causa de Portugal. Hoje com Matheus eu vou lá facilmente sozinha com ele. Pego um avião e dou conta do recado e apesar da passagem estar cara (media de R$ 2.500 por pessoa e Matheus com 2 anos já paga passagem) dá pra pagarmos "tranquilo" 2 ou 3 passagens quando meu marido vai. Mas e se eu tiver outro?
Viajar 7 horas de avião com 2 me dá medo, começa logo por aí, e daqui a pouco o segundo faz dois anos e não serão 2 ou 3 passagens pra comprar… serão 3 ou 4 de R$2500 e eu gosto de ir uma vez por ano a Portugal.  Tenho a minha família toooda lá,  inclusive minha mãe e meu pai…
Sei que com mais filhos já vamos pensar mais vezes antes de ir, não só pelo dinheiro mas pelo trabalhão que vamos ter… agora imagina isso com Matheus e gêmeos!

É gente, eu sei que preciso mesmo ganhar coragem.
Mas eu quero tantoooo ser mãe de novo, que eu tenho certeza que Deus vai dar um jeito em tudo.

Vamos às fotos do meu barrigão?
Olha como sempre foi enooorme:

image

Aqui eu tinha 12 semanas

image

image

Vocês podem não acreditar mas aqui eu tinha exatamente 14 semanas. Senti Matheus mexer pela primeira vez nestas férias. Poucos acreditam mas eu soube na hora que nao eram gases. Era Matheus dando os seus primeiros pulinhos, e ele mexeu muitoooo o resto da gestação =) #amavademaisisso

image

image

Aqui eu tinha por volta de 4 meses. Eu tinha barrigão mesmo. Talvez por ser magra se notou logo, nao sei, so sei que eu amaaaava isso.

image

Aqui  tinha 6 meses

image

image

image

image

image

image

image

image

image

Nestas que vocês acabaram de ver, eu tinha 7 meses.

image

image

image

image

E nestas ultimas eu tinha 8 meses e meio. Foi beeeem no final =)))
Matheus nasceu com 39 semanas, tinha 50 cm e 3.335 kg

image

image

E ai meninas, gostaram de me ver morena e barriguda? =)
Espero que sim

♡♡♡

     
    TAGS , , , , , , , , , ,

    18 comentários

    18 Comentários

    Sarah Gutterres

    31 de Janeiro de 2014 às 12:03Responder

    Nossa ficou mais linda grávida e morena !!! E que barrigão ein ? Estou grávida de 24 semanas e minha barriga ta bem grandinha tbm, eu não vejo mais todo mundo repete isso rsss
    Como disse Deus ai colocar tudo no seu lugar e logo logo vai ter outro bebezinho nesse lar e alegrando a nós leitoras.
    Bjoss em vcs

    Karina Emerick

    31 de Janeiro de 2014 às 12:23Responder

    Que Linda….e foto depois do parto ele ainda faz a mesma boquinha…Deus saudades da minha também!!! hihihih

    Josie Raya

    31 de Janeiro de 2014 às 12:32Responder

    Nossa, que barrigão! Que inveja dessa magreza! Minha filha é “filha do Clomid” também (na verdade, do Indux). Tenho ovários policísticos. Engravidei no segundo ciclo com o indutor. Anita tem 10 meses. Para o meio deste ano pretendemos tentar outro. Que a coragem não me falte!

    Camilla Prota Brusqui

    31 de Janeiro de 2014 às 12:43Responder

    sim sim sim.. gostei muitoo… lindasss fotos!!
    Tb tenho os mesmo medos q os seus!! O.o

    Nanda Almeida

    31 de Janeiro de 2014 às 14:43Responder

    Nossa que barriga super! Linda…. Lindas as fotos e o barrigão (ão mesmo rsrs)
    Eu também tô assim, cheia de vontade de ter outro filho, mas com medo também, medo de não dar conta, medo de sem querer dar menos atenção pro meu Gabriel e pro maridão também… Tô me programando pra engravidar no segundo semestre, pra nascer em 2015, quando meu filho já vai estar com 5 anos. Te entendo completamente, a questão financeira também pesa, mas vai dar tudo certo!
    Bjs pra vc e pro Matheus!

    Luiza Helena Figueiredo da Penha

    31 de Janeiro de 2014 às 14:53Responder

    Mirela! Moro em Macapá, no Amapá! Tem mais de um ano que eu sigo vc e seu blog. Consequentemente, a sua vida. Primeiramente, quero que saiba que eu admiro muito você, não te conheço pessoalmente, mas como mãe você parece para mim (e para todas que te seguem) uma super mãe para o Matheus! Comecei a te seguir quando minha irmã engravidou do meu afilhado que eu amo mais que tudo! Eu não tenho filhos, mas quando tiver, com certeza vou seguir suas dicas (que eu já boto em prática com o meu afilhado)!
    Sobre ter outro filho, faça o que vc se sinta bem, mas se vc quiser mesmo outro neném, faça-o, para não ter arrependimento no futuro! Pensa assim: se não tentar mais um bebê,vc pode se arrepender no futuro. Mas se tentar e vierem gêmeos, mesmo com todo trabalho e custo, nunca irá se arrepender de ter os seus filhos! Torço muito por você, e que Deus abençoe você é a sua família! E quando sair o seu livro, pode ter certeza que vc já terá uma leitora! Boa sorte! Nunca deixe de fazer esse trabalho maravilhoso para as mamães, tias, madrinhas, avós… Obrigada por tudo!
    Beijos!
    Luiza Helena. ❤️❤️❤️❤️

    kiara

    31 de Janeiro de 2014 às 15:15Responder

    Mirela, lindaaaaas suas fotos. Eu não ainda não sou mãe (só de um filhote de 4 patas que inclusive se parece demaiiiiiiiiiiiis com seu pet). Mas sigo seu IG e seu blog porque acho as dicas ricas demais. Vi que você fez cesariana né? No segundo vai tentar um parto normal? Seria ótimo se você abordasse esse ponto sobre formas de parir, com alguns pontos positivos e negativos dos modos de parto. Se precisar de ajuda estou a disposição, sou enfermeira. Beijocas e parabéns pelo lindo blog.

    Aline Noermberg

    31 de Janeiro de 2014 às 17:18Responder

    Que post lindo, ameiii as fotos, deu até saudade do Bernardo na barriga. Mas eu não tenho vontade de mais um. Tenho a Ana Luiza de 3 anos e o Bernardo de 9 meses e estou no ponto da exaustão. Amo os dois mais que qualquer coisa, mas não é facil dose dupla dupla durante o dia todo, porém, eu também me arrependeria se tivesse tido um só. Boa sorte na tua escolha. Beijão

    Erika Ramos

    31 de Janeiro de 2014 às 17:55Responder

    Mi, me identifico tanto com o q vc escreve q achei q seria bom lhe dizer minha experiência com a segunda gestação (na verdade quarta gestação).
    Antes de minhas princesas sofri 2 abortos, praticamente seguidos, isso me diexou arrasada e me sentindo impotente. Fizemos muitos exames e descobrimos q por alguma causa meu sangue coagulava e deixava de passar os nutrientes p o bebe. Durante a minha terceira gestação (q foi Deus q planejou, pq eu sabia q o tratamento seria caro e queria poupar um pouco e tb arejar a cabeça, tínhamos sofrido muito, mas após 5meses do segundo aborto, engravidei da minha Duda), foram 38 semanas de repouso, com injeções diárias na barriga e a incerteza se daria certo, pois não era garantia. DUDINHA, nasceu perfeita, linda e em seguida me bateu o medo, como lhe daria uma irmã, se tivesse q passar por tudo isso novamente?
    Conversamos com meu médico q disse q teria de repetir todos os procedimentos na prox gestação, pois os planos de Deus são maiores q os meus, rsss… Veja, qdo nossa pequena princesa dona de toda nossa atenção fez 2 anos e 3 meses, me descobri grávida. Fiquei feliz e aflita, como cuidar da minha bebê se fizer td aquilo? Corri p meu médico q sugeriu refazermos os exames e verificar se precisaria de medicamento, afinal após uma gestação nosso organismo muda muito. E mudou mesmo, minha segunda gestação foi maravilhosamente normal, sem repouso e sem injeções!
    A Duda participou de tudo, consultas, exames e a cada dia explicávamos q sua melhor amiga estava a caminho, ela beijava e conversava com a irmã todos os dias.
    Qdo nasceu é claro q deu trabalho, a Duda mesmo com toda a atenção do mundo teve algumas regredidas, voltou p fralda, p mamadeira, p chupeta, mas nada q com muito carinho não fosse recuperado, aos poucos ela vem entendendo q a Malu é dela, rsss.. Hj minha segunda filha tem 5 meses, a Duda ja convive bem com ela, aliás a Malu só de ouvir a voz da Duda sorri e a Duda trata a Malu como sua boneca, quer pegar, trocar, dar mama, rsss… Dá trabalho? E como!!! Mas descobri q acima de todos os meus medos, ficava o meu pavor da Duda não ter irmãos, veja, eu tenho 4 e adoro todos eles, cada um dos meus medos foi superado assim q peguei a Malu no colo, sim dá p amar tanto quanto o primeiro e não, não é igual, pq cada um tem seu jeito, sua personalidade o q não interfere no amor de uma mãe. Sim, a Duda tem sobrevivido bem, já aceitou sua condiçào de irmã mais velha e se comporta como tal, rsss… Ela é mais capaz do q eu imaginei, hj qdo meu sogro ou qq outra pessoa pergunta p Duda se pode levar a Malu embora, ela imediatamente diz q não e ainda afirma: A Lalu é mucofofa e é minha! (A Malu é muito fofa e é minha)
    Me alegra o coração vê-las tão próximas, rindo e brincando, pq ja fazem isso, cansa bastante, descobri q dinheiro não nasce em arvore, kkkk… Mas a gente sobrevive… E o medo? Bom… Tenho aprendido q ele nasceu p ser vencido. Deus te abençoe e te dê sabedoria p lidar com as escolhas Dele q estào acima das nossas. Grande bjo

    Ruanitta

    31 de Janeiro de 2014 às 18:40Responder

    Bem, só posso lhe dizer… não tenha medo!! Eu, como já havia comentado aqui, conheço sua mamys linda, e até vi umas fotos suas que ela tirou qdo foi ao Brasil no final da sua gravidez, ela vibrava!! Pouquíssimo tempo depois eu tbm fiquei gravida espontaneamente de dois!!! Sim, gémeos!! Um casal, tem hj 18 meses, Lucas e Giovana, e na próxima sexta estamos embarcando p o Brasil!! Iupiiii… Mas vc nem imagina o quanto sou grata por isso, é mágico, é uma bênção tão grande que vc nem pode imaginar, ser mãe de gémeos é especial, é passar na rua e tds sorrirem p vc! E sinceramente, não acho que vc deve desistir de dar um irmãozinho ao Matheus pq será difícil vir a Portugal… :( é trabalho em dobro, mas tdo o resto tbm, sorrisos, abraços! Força mulher!!

    Gabriela

    1 de Fevereiro de 2014 às 15:19Responder

    Muito lindas suas fotos! Vão me servir de inspiração, com certeza!
    Estou com 5 meses, e praticamente não tirei nenhuma foto… Nem sei explicar o pq disso, sendo que descobri com 5 semanas e poderia ter feito o acompanhamento desde o início, mas é que minha barriga começou a parecer barriga de grávida agora rsrs
    Queria saber como foi seu parto, se foi normal, cesariana e como foi sua recuperação pós-parto. Me perdoa caso já tenha um post específico pra isso, mas é que sou nova aqui!
    Beijos

    lidiane

    3 de Fevereiro de 2014 às 11:33Responder

    Linda!!! tbm sinto a maior falta de estar grávida.

    Cida

    4 de Fevereiro de 2014 às 14:40Responder

    Que lindo relato, lindas fotos e vc linda linda morena e de cabelão…AMEI
    Hoje penso em ter mais um filho, porém trabalho fora e não sei se daria conta…

    bjs bjs e se resolver fala pra gente…

    Ana Daniela

    4 de Fevereiro de 2014 às 15:03Responder

    Lindas as fotos, vc e seu barrigão lindão… Vc poderia indicar seu fotógrafo? Estou com 28 semanas e gostaria de fazer umas fotos profissionais… Muito obrigada, seu blog e seu insta tem me orientado em vários aspectos nesse momento tão especial.

      Mirela

      4 de Fevereiro de 2014 às 16:00Responder

      Oi querida, 

      Quem tirou minhas fotos não trabalha mais na area :/ mas procura na internet por fernanda acioly. eu gosto imenso do trabalho dela. =)

    Natacha

    19 de Fevereiro de 2014 às 15:28Responder

    Mirela, a Fernanda Acioly ainda trabalha na área. Tomei um susto agora!!!
    Contratei ela para a festa do meu filho em março.

    Rosana Rodrigues

    13 de Março de 2014 às 20:36Responder

    Ficou lindas as suas fotos e vc tb, morena e barriguda e continua linda!!! Bjs

    ingryd_foz@hotmail.com

    4 de Setembro de 2014 às 11:02Responder

    Não vejo a hora da minha crescer logo para tirar muuuuuuuitas fotos.
    Você é muito linda e com esse barrigão ficou mais ainda.

    Deixe um comentário