14Set/17

Medo de não sermos amadas

POR: Mirela AciolyCATEGORIA: Diversos(0) COMENTÁRIOS

Medo de não sermos amadas. Esse acredito que seja o maior e mais perigoso medo que podemos sentir.

O medo de não sermos amados por quem amamos, leva-nos a cometer erros que prejudicam não só nós mesmos, como todos. E quando digo todos, me refiro ao mundo inteiro.

amar

Esses dias tenho pensado muito nesse medo e nas suas consequências e cada vez mais concluo que esse talvez seja o maior motivo pelo qual, pais e mães errem tanto na educação dos seus filhos.

Os dias de fato aparentam ter cada vez menos horas e parece realmente que cada vez temos menos tempo para estar e cuidar dos que amamos. Mas todos sabemos que o tempo não mudou. Essa é apenas uma desculpa para justificar o problema que vem prejudicando todos nós: Prioridades inconscientemente alteradas.Verdades humanamente trocadas.

Hoje, muito se fala sobre amor, mas cada vez se sabe menos sobre amar. E é exatamente aí que os pais começam por errar. Amar vai muito além de “DAR”. Amar também é negar. É exemplificar. É não ter medo de errar. É saber que acertar muitas vezes faz chorar e que mimar demais PODE SIM prejudicar.

Então mamãe, não tenha medo de “castigar”, nem de brigar, nem muito menos de frustrar, porque tudo isso faz parte de educar e educar é sim sinônimo de amar.

O mundo precisa de crianças educadas. Não de crianças mimadas que foram mal educadas porque suas mães tinham medo de não serem amadas!

     
    TAGS

    0 comentários

    Deixe um comentário