16Jan/13

Mastite

POR: MirelaCATEGORIA: Depois, Diversos, Mamãe se cuida, Papo de Gestante, Saúde(1) COMENTÁRIOS

Imagem

 No outro dia, uma amiga minha que é medica, mastologista mais especificamente, entrou em contato comigo perguntando se eu queria ajuda para falar sobre mastite e assuntos da mama no @demaeparamae… Respondi prontamente que sim e me entusiasmei demais! Eu andava doida pra fazer esse post mas era um assunto complicado e ai aparece ela, mastologista, querendo ajudar! Tudo de bom né? A Dra. Marina enviou para mim um texto sobre o que é e outro sobre como tratar mastite, vao ser dois posts sobre o tema. Fiquem atentas. Mastite é a infecção da mama, que acontece principalmente durante a amamentação, em especial entre o primeiro e segundo mês após o parto, mas pode aparecer em qualquer época da vida. Os sintomas são: vermelhidão, dor, aumento do volume de uma das mamas, e algumas vezes febre. É importante lembrar que algumas mulheres sentem sintomas parecidos em ambas as mamas durante a “apojadura” (descida do leite), que ocorre alguns dias após o parto, é normal, e nada tem a ver com infecção. Os sintomas do excesso de leite desaparecem após a mamada ou massagens seguida de ordenha, diferente da mastite que não melhora. A infecção é causada por bactérias que se aproveitam das pequenas fissuras no mamilo e do acúmulo excessivo de leite nas mamas para se instalar. A mastite precisa de tratamento específico com antibióticos, analgésicos e ordenha, mas não é necessário parar a amamentação! Você não vai passar nada para o seu bebê e ele ainda vai lhe ajudar a melhorar, pois não existe melhor forma de esvaziar o peito! Em alguns casos, quando a mastite não é descoberta inicialmente, há a formação de abscessos que em geral precisam ser drenados. É importante estar atenta, e procurar atendimento médico o quanto antes! Ah, uma dica! Para verificar se há febre, procure medir a temperatura na axila oposta à mama doente, pois muitas vezes o calor da própria mama cheia de leite pode confundir! Caso queiram saber mais sobre a Dra. Marina Avila, acesse o site emojiemojiemojiWWW.MASTORECIFE.COM.BRemojiemojiemoji

     
    TAGS

    1 comentários

    1 Comentário

    Andressa Uruguay

    18 de Janeiro de 2013 às 17:24Responder

    Muito bom o post!!! Qdo meu leite desceu tive sintomas parecidos com a mastite, foi dificil no começo, mas valeu a pena e vale até hoje!!! Meu baby tem 5 meses e ver ele tão gordinho e saudável me enche de alegria e felicidade! Valeu a pena ter superado a dificuldade do começo :-)))))

    Deixe um comentário