22Jun/16

Esperei por ele a vida toda

POR: Mirela AciolyCATEGORIA: Diversos(0) COMENTÁRIOS

Olhando Matheus aqui do meu lado, não consigo parar de pensar no quanto esperei por ele a vida toda.

O meu filho sem dúvida foi um filho muito desejado, muito, muito esperado (Bruna também, mas por Matheus ter sido o primeiro, foi diferente)! Levei uma vida imaginando e desenhando cada contorno do seu rosto, cada detalhe da sua personalidade…

Perdi a conta das vezes que o “encontrei” em sonhos, que o abracei e chorei pela sua demora até que finalmente ele chegou e de fato não poderia ter escolhido melhor momento para a sua chegada.

Meu Deus, quanta alegria eu senti ao saber que finalmente o meu sonho ia se realizar!

math22

Era um sentimento tão louco, que sequer me permitia conseguia escutar quem, de alguma forma, tentava me alertar para o lado real da maternidade.

Para mim, a verdade era que a maternidade não tinha lado ruim e quem reclamava estava sendo ingrato.

Tantos querendo e aqueles que conseguiam… Reclamando? Que ingratos, eu pensava.

Para mim, a maternidade era leve, fácil…

Motivo suficiente para nunca mais voltar a reclamar.

Eu achava que sabia exatamente como tudo seria, sabia tudo o que faria, tudo o que sentiria.

No entanto, todo aquele romantismo que eu imaginei, acabou junto com a chegada do meu bebê.

Toda a pressão, todo o stress, todo o cansaço e desgaste ganharam espaço e eu… Bem, eu até que descompliquei, mas reclamei, reclamo e reclamarei e passei a entender quem após ser mãe, não consegue descomplicar, quem tem vontade de reclamar, e quem julga estar prestes a endoidar.

O contato diário de fato consegue fazer aquele amor que já parecia infinito, aumentar ainda mais, mas consegue fazer também com que tenhamos atitudes nunca antes pensadas ou até mesmo juradas de nunca serem feitas… e é quando essas atitudes aparecem que chega também a sensação de desilusão… a falta de paciência nos transforma e nos deixa com a impressão de fracasso.

E é essa impressão que nos faz ir pra cama com um aperto no peito e uma vontade gigante de mudar.

E é esse aperto que nos faz voltar a acreditar mais uma vez que amanhã tudo será diferente, e se não for, volto a tentar até o dia que conseguir acertar mais vezes do que errar!

#Mirelices❤️

[essb-fans style=flat cols=4]
 
TAGS

0 comentários

Deixe um comentário