18Jun/13

Diário da nossa primeira viagem sem filho. DIA 0 + DIA 1

POR: MirelaCATEGORIA: Vida de Casal(2) COMENTÁRIOS

Dia 0 –
Matheus parecia advinhar que alguma coisa estava prestes a acontecer.  Normalmente,  no máximo às 21h ele está dormindo,  mas no domingo não havia quem o fizesse dormir. Deu 23h e e ele não queria sair do meu colo de forma nenhuma, muito menos dormir. 
Eu tinha que sair de casa à 1 da manhã e estava a começar a ficar angustiada pois ainda tinha muita coisa pra organizar e queria deixa-lo dormindo.
00:30 ele se rendeu. Consegui deixar tudo organizado e partir com o coração calmo, graças a Deus.

Coisas que aprendi:
● Foi uma ótima idéia ter escolhido um vôo de madrugada. Matheus deu trabalho pra dormir, mas quando consegui, partirmos tranquilos, sem ficar chorando por ver pai e mãe ir embora. (E ele tá naquela fase que não pode ver ninguem ir embora que dá escândalo).
● Achar que criança nao entende e nao sente nada é pura ilusão.  Eles podem não saber exatamente o que é, mas sabem que alguma coisa se passa. Isso porque é quase impossível conseguir-mos não passar pra eles a nossa  ansiedade.  Ainda assim, acho que escolhi viajar na altura certa. Ele ainda nao entende totalmente o que esta a acontecer, mas já esta "maduro" o suficiente para poder ficar com a avó uns dias sem me ter por perto.

Dicas:
Deixe tudo organizado o mais cedo possível.
Tente que a rotina do pequeno mude o mínimo possível durante a sua ausência. 

Conclusão do dia:
   Até Matheus ter uns 9 meses, na minha cabeça era inconcebível viajar sem ele. Me separar apenas por umas horas já doía, quem diria me separar por uma semana.  Mas chega o dia que você se sente parcialmente pronta e é nesse dia que você precisa tomar a iniciativa e marcar a viagem. 
Como saber que está "parcialmente" pronta? Fácil,  você começa a sentir que está precisando de descanso e a sua cabeça começa a falar mais alto que o seu coração.  O papo é mais ou menos assim:
"Deixa de bobagem,  todo o mundo consegue porque você nao vai conseguir?  Ele vai ficar bem, e o seu casamento vai agradecer! Vai logo, toma coragem,  você vai ver que vai ser muito bom!"
Pensou isso ou algo semelhante? Corre pra conversar com o marido e comecem a olhar e escolher destinos. O tempo que leva até aparecer "aquela" oportunidade de viagem ja fez com que você se acostume com a ideia e comece a querer de verdade que esse dia chegue logo.

Dia 1
A viagem foi longa e super cansativa, mas estavamos tão animados que o voo até que passou rápido.

Coisas que aprendi:
Depois que virei mãe, moooorro de medo de morrer! Fico sempre pensando que nao posso deixar o meu filho órfão, sei lá. Agora imaginem eu dentro de um avião, depois de ser mãe. Kkkk a cada turbulência, o coração quase pulava da boca. Me agarrava na mão do marido e só rezava pra que Deus nos protegesse. Isso porque antes eu nao tinha medo nenhum de voar e quase faço o curso de piloto de avião, imaginem se tivesse medo. Kkkkkkkk
Perguntei ao marido se ele também sentia isso, e o sentimento é comum, então estou normal! Kkkkkk

Dicas:
Sempre que a saudade bate, começo a falar sobre outras coisas, distraio a mente e isso ajuda.
Não está custando ainda tanto quanto eu pensei que fosse custar (Esperemos pelos próximos dias pra ver como vai ser rs).

Conclusão do dia:
Se eu pudesse descrever como está o clima entre eu e o meu marido, muitas de vocês largavam este texto e abriam ja um site de viagens pra reservar ja a sua.
Estamos super pacientes um com o outro (coisa que fazia tempo que nao sabíamos o que era). Tudo é motivo para nos abraçarmos e beijarmos um ao outro, conversamos, rimos, brincamos e nos divertimos com tudo! Ate com a cena que vos vou contar agora.
Quando fizemos a programação da viagem, resolvemos que chegariamos a Miami e seguiríamos direto de carro pra orlando. Deixaríamos miami para visitar no fim da viagem, e assim foi. Loucura, digo logo! Não o façam!!!
Pousamos às 17h mas só conseguimos pegar o carro as 19:30h (tinha fila em tudo que era canto).
Pegamos o carro e lá fomos rumo ao nosso destino. Sao 4 horas de viagem, isso mesmo, 4 horas kkk numa estrada que parece uma reta sem fim. Conversa vai conversa brincadeira vem, certa hora começamos a avistar raios no céu. Mas gente, nao era um e depois outro nao, era tipo raios com menos de 1 minuto de intervalo um do outro quando não era ao 2 e 3 ao mesmo tempo. Pensamos que vinha chuva da boa, e estavamos indo exatamente na sua direção. (Assustador) marido começou a ficar tenso. A estrada era um breu só, e se o tanto de raios que tavamos vendo representasse o tanto de chuva que vinha… ia desabar um oceano em cima da gente. E praticamente desabou. No fim da viagem, quando faltava uns 30 km pra chegar, começou a chuver, tanto mas tanto, que nao dava pra ver um palmo na frente, e o pior, os raios caindo ao nosso lado, um barulho ensurdecedor. Aterrorizante mesmo! Foi assim até chegarmos ao hotel!
Saulo (o meu marido) ja estava tenso por chegar ao hotel tao tarde da noite, tinha medo de chegar e nao ter ninguém na recepção kkkk (nos hotéis mais em conta em orlando, se você chega tarde, pelos comentários que lemos isso parece ser bem comum kkkk) mas eu sou suuuper tranquila com relação a essas coisas, só me preocupo quando acontece e ainda assim nao me preocupo muito, porque sempre tem solução, mas ele só relaxa quando tudo deu certo, agora imaginem uma pessoa stressada dirigindo no meio de um temporal, tentando me passar tranquilidade. Quando entramos no quarto morremos de rir com as nossas caras tensas e do sucedido.
Mais nunca que repetimos a dose. Kkkkk

Gente, hoje o post ficou longo, mas pelo menos ficou atualizado.
Podem comentar la no instagram, é mais facil e rápido pra mim de ver e responder.

Bjooos,
Até amanhã

[essb-fans style=flat cols=4]
 
TAGS

2 comentários

2 Comentários

roberta

18 de Junho de 2013 às 11:04Responder

Você vai tirar de letra essa viagem!!!!!!!!! Essa separação é importante para o filhote e para o casamento também. Boa viagem!

Ana

20 de Junho de 2013 às 13:05Responder

Ai mulher… eu ainda estou na fase de não ter coragem de viajar sem minha filha. Meu marido então neeem se fala. Ele diz que não tem nem perigo. Mas quem sabe no futuro! Todo casal precisa de um tempo a sos, né?!
curta muitooo

Deixe um comentário