6Jun/14

Delírios de uma mãe que viajou sozinha

POR: MirelaCATEGORIA: Confessionário, Papo de Mãe(10) COMENTÁRIOS

Viajar sozinha, sem marido nem filho, viajar sozinha de verdade, te faz ficar bastante ansiosa, te faz perder o sono, te deixa nervosa, e te coloca de frente com medos que você não quer nunca ter que encarar…
Sentada na poltrona do avião, finalmente consigo organizar as ideias e descobrir o que de fato me incomodou desde que soube que iria fazer esta viagem sozinha:
Não foi medo de Matheus sentir a minha falta… Foi um pouquinho, mas não foi bem isso.
Não foi medo dele não ficar bem nem ser bem tratado… Não foi porque ele ficou com gente que eu confio plenamente, que o ama e cuida dele quase tão bem quanto eu.
Também não foi medo que lhe acontecesse algo, nem foi pelo fato de ter de ficar longe dele. É claro que essa parte incomoda, mas não foi isso que me deixou com a cabeça a mil e me fez sentir um nó na garganta.
Na verdade, o que me deixou zonza e com o coração disparado o tempo todo, foi o medo de morrer e ele ficar sem mim!
Pensar que posso morrer e que ele vai ficar sem mim simplesmente me aterroriza…
Me aterroriza tanto que consigo me ver em espírito olhando pra ele e sofrendo por não poder tocar, cheirar, abraçar, conversar e beijar como posso fazer todos os dias… Consigo sentir a dor de saber que nunca mais vou ter o olhar lindo e único dele me encarando, consigo sentir a angústia de não poder estar perto para o proteger sempre que ele precisar… Consigo sentir o desgosto de ver meu marido arrumar alguém e esse alguém me substituir… Cumprir o meu papel de esposa e mãe (Por muito que queria que eles sejam felizes mesmo que sem mim, não me acho evoluída a esse ponto kkkkk)…
Parece loucura, mas depois da maternidade, o medo de morrer apareceu na minha vida como nunca e me fez ter medo de fazer uma das coisas que mais amava na vida:
Andar de avião!
Sentar na poltrona e ver a distância física ficar cada vez maior entre mim e o meu filho é motivo suficiente pra deixar qualquer mãe em estado de pânico, ainda mais quando essa mãe não pára de pensar que aquela pode ter sido a última vez que viu a sua família…
Viajei longe neste texto eu sei, mas óh, depois dessa “viagem” eu descobri que dá pra se controlar e segurar a doidice, e no regresso você sempre se arrepende de ter sofrido tanto, afinal quase sempre custa menos do que você imaginou que iria custar.
Comigo foi e acho que será sempre assim, por isso, se você vai ter que viajar em breve, controle sua ansiedade porque ela te faz ter uns delírios mui locos kkk que quase sempre te fazem rir no regresso.

Partindo

20140606-093140-34300684.jpg

Quase regressando kkk

20140606-093141-34301074.jpg

[essb-fans style=flat cols=4]
 
TAGS , , , , , , , , ,

10 comentários

10 Comentários

Ana Paula @anaptur

6 de Junho de 2014 às 10:07Responder

Eeeeeee obrigada pelo post! Me fez ver que nao sou só eu a ter esse medo e que nao sou paranoica. 

Jamille

6 de Junho de 2014 às 11:42Responder

Me emocionei… Não gosto nem de pensar nessas sensações!! Eh muito amor que chega a doer!!!

Priscila

6 de Junho de 2014 às 15:05Responder

Oi Mirela, realmente um dos medos que mais senti depois de ser mãe foi esse mesmo, de morrer e meu filho ficar sem mim. Vemos que eles dependem tanto da gente, que querem a gente por perto, que precisam do nosso carinho, do nosso colo… e desde que fiquei grávida comecei a cuidar mais de mim, tomar cuidado comigo, sempre pensando no meu filho!! O pai pode ser o melhor que for, mas mãe é mãe e não tem outra igual!! Bjs

Cristiane Teixeira

6 de Junho de 2014 às 20:19Responder

Nossa como vc conseguiu me descrever kkkkk engraçado isso pq hj tenho medo até de beber água e morrer,atravessar a rua e ser atropelada dirigir então ando sempre assustada coisas de mães malucas kkkkkk mas não estou só 

abraços 

Juliana Samudio

7 de Junho de 2014 às 11:20Responder

Mi, depois que me tornei mãe sinto este medo também, meu Deus como isso nós torna sensíveis e pequenas….me incomoda muito saber que um dia posso faltar na vida do Davi.

Marcella

9 de Junho de 2014 às 22:04Responder

Mi, me senti exatamente assim quando fui viajar com meu marido sem a minha pequena!!!! Te entendo perfeitamente, as mesmas aflições e medos!!! #VivaAsEntendedoras

Jacqueline Scarparo

9 de Junho de 2014 às 22:36Responder

Meu Deus Mirela!! Vc lê mentes a distância… Não é possível!! Hehehe Vc escreveu exatamente o que eu sinto com relação a morte… Me “vejo em espírito” tb… As vezes acho que não sou normal tendo essas visões… hehehe Ainda bem que vc e o blog existe… Não me sinto tããão doida… Mais uma vez vc salvou minha vida!! 🙂

Cid@

13 de Junho de 2014 às 16:04Responder

Meu Deus eu também penso assim, eu morrer e meu filho ficar sem mãe, marido arrumar outra e esta maltratar meu filho, nossa eu achava que isso era só comigo…

Você tem medo quando sai sozinha com seu filho que algo te aconteça e alguém o leve embora? as vezes tenho esse medinho, algumas vezes isso me impede de sair sozinha com ele…

Leirylanny

16 de Junho de 2014 às 15:17Responder

Acho que toda “mae” se identifica cm seus post, sou mae de primeira viagem e achava que esse medo,alias essa piracao era so minha.
Mas eh incrivel o medo que temos de nao vermos mais noOssa cria chega a dar calafrios.
AmO seus posts e dicas.
Parabens pela familia linda.

maira Ro drigues

17 de Junho de 2014 às 16:47Responder

Boa tarde
adoro seus comentários e parece que eu teria dito tudo q vc escreve kkkk. Mas sempre tive medo de morrer e minhas filhas de 6 e 2 anos ficarem sem mim. Meio loucura da gentekkk . Agora precisei fazeruma cicirurgia e fiquei 15 dias longe delas, meu marido me acompanhou e minha irmã se mudou p minha casa p cuidar delas ( pq somente dessa forma eu conseguiria me afastar kkk deixando c minha irmã kkk) . As meninas tiraram de letra e nem querem falar comigo pelo facetime, preferem pepa ou barbie kkk eu estou desconsolada. Minha irmã q ta terminando a faculdade.d medicina definiu que: as meninas são amadurecidas emocionalmente e não precisam ficar reafirmando o tempo todo o amor dos pais , elas sabem q vcs vão voltar e esperam sem NENHUMA ansiedade por esse dia. Kkkk. Só fico feliz pq elas estão muito feliz, a arrasada da história sou eu !!! Kkkk
bjs adoro o q vc escreve

Deixe um comentário