11Set/13

O mistério do choro sem fim! – Pra nunca mais!!!

POR: MirelaCATEGORIA: Diversos, Matheus, Papo de Mãe(10) COMENTÁRIOS

Este final de semana fomos para a praia. 

Matheus estava super eufório.. toda a vez que viajamos ele fica super agitado, faz parte do pacote. Viajamos de noite, e ele nao dormiu um segundo. Quando chegamos, eram 22:30h da noite, e ele estava no auge da sua agitação. Ambiente novo é motivo suficiente para afastar o sono de uma criança, e por isso deixamos que ele cansasse até se fartar…

O problema é que bateu as 00h e nem sinal de cansaço… Deu 1h e nada… e ai quem cansou fui eu! Estava morta, e tudo o que queria era uma cama, mas quem disse que ele deixava! Foi dormir faltavam 10 minutos para as 2h da manhã! Ele bateu o seu próprio record. Nunca até ali, ele conseguiu passar da 00h. Achei que ele iria dormir até tarde, mas pura ilusão da minha cabeça… Matheus acordou eram 7h da manhã e pronto pro segundo round de folia.

Vesti o bikini, e fui com ele pra praia. Aquele momento foi super esperado, e eu queria registrar tudo! Celular numa mão, mão do Matheus na outra, e fomos andando em direção ao mar (na praia onde sempre ficamos, tem uma barreira de Recifes que impede o mar de ser agitado, então ali é um sonho para os pequenos, só que tinha umas ondinhas bem pequenas mas que nao deixam de ser ondasMatheus achou graça, e começou a chutar as ditas cujas e a besta da mãe dele resolveu fazer o quê? Filmar o momento! Momento de distração é sempre uma merda né? Num segundo ele tava chutando a onda, no outro ele tá sendo engolido por ela. Quase morro do coração! Peguei ele por uma mão, puxei e brinquei para que ele nao se assustasse. Tudo isso em fração de segundos, "sácomé" né? Contando parece uma vida, mas foi quase num piscar de olho.

Ele no mesmo instante deixou de achar graça aquela água salgada e que fazia arder os olhos e não quis mais saber de brincar ali, então fomos pra piscina! Entrou todo feliz da vida na piscina, mas novamente, e desta vez nem eu sei como aconteceu, em questão de segundos ele escorregou e tomou um novo caldo! Quase mato meu filho afogado duas vezes no mesmo dia! Mais uma e ele nunca mais me chama de mãe!

Ele chorou porque se arranhou na borda da piscina, mas passou rápido e finalmente arrumamos uma forma de brincar sem perigo e passamos uma manhã "tranquila".

De tarde ele não quis dormir muito, e umas 20H apagou na cama… 

Eram 21h e o pesadelo começa! Matheus acorda num choro inconsolável. Urrava, e eu corri para pega-lo e mostrar que tava tudo bem.

Ele estava dormindo sozinho no quarto e eu estava na varanda, achei que ele tivesse acordado assustado por estar num lugar estranho e  não me ter por perto. Tentei acalma-lo, mas não houve acordo.

Continuava chorando, e apontava para a rua.

Sai com ele, dei uma volta no condominio e ele ora parava, ora começava a chorar de novo, gritando como se fizesse uma birra!

Achei que ele nao queria dormir! Sempre que saía do apartamento, ele se acalmava, mas no segundo a seguir, berrava de novo. Já ninguem sabia o que fazer para ele se acalmar.

Gentem eu vou confessar, passei por 3 fases durante essa noite de terror.

1º  Quando ele começou tava tranquila, e so queria acalma-lo.

2º Quando começei a ver que quando saia do apartamento e ele acalmava, comecei a ficar extremamente irritada porque achei que ele estava fazendo birra.

3º Quando vi que o choro estava cada vez mais intenso e diferente do choro de uma birra, comecei a ficar desesperada porque Matheus nunca chorou daquele jeito e alguma coisa tinha de ser.

As vezes o instinto de mãe nao funciona com esperamos. Simplesmente não sabemos o que se passa com a nossa criança e não ligamos os fatos.

Queremos que eles se acalmem e é mais fácil achar que é uma birra por cansaço e agitação.. e na grande maioria, o choro sempre tem motivo. 

Matheus chorou desde as 21h, até as 3:40 da manhã! Lógico que houve uma hora, que eu sabia que ele tinha alguma coisa, mas demorei um pouco. Estava pronta pra voltar pra casa naquele mesmo instante, mas dirigir com ele berrando só ia me deixar mais nervosa e onde eu estava sequer tinha farmácia para comprar uma novalgina infantil (se fosse dor, a novalgina ia ajudar a passar).

Quem leu o post anterior, viu que que sempre ando com uma novalgina para prevenir. Nunca precisei e quando esqueci de levar, é precisamente quando ele fez falta! Me senti péssima, a pior das mães!

Quando finalmente ele se acalmou e dormiu, achei que tinha sido de fato cansaço X agitação, mas foi no dia seguinte que descobri o que tinha acontecido.

Durante a tarde do dia seguinte, Matheus adormeceu no meu colo. Quando virou o rosto e se aninhou nos meus braços, olhei a orelha e quase tenho um enfarto… Matheus tinha o ouvido repleto de cera!!!

O meu filho teve uma crise de otite daquelas e eu não percebi!!! Com os "caldos" que ele tomou durante a manhã, provavelmente entrou àgua no ouvido dele e de noite deve ter doido horrores, e eu, imbecil total não me liguei nisso!!!

Não precisa dizer que naquele momento, eu passei um atestado de incompetencia total a mim mesma né? Senti vontade de chorar e pedir perdão ao meu filho por achar que ele estava fazendo uma birra sem motivo!

O que aprendi com esta noite de terror???

Nunca mais saio de casa sem medicamentos.

Vou montar uma farmacinha ambulante (conto pra voces depois o que vou colocar nela).

Nunca mais penso que o meu filho chora sem motivo!

 

[essb-fans style=flat cols=4]
 
TAGS , , , , , , , , ,

10 comentários

10 Comentários

Thayane

11 de Setembro de 2013 às 10:48Responder

O meu tem 2 meses e é muito difícil saber pq ele tem qdo começa a chorar sem parar! Sempre achei q qdo ele tivesse maiorzinho ia ser mais fácil, mas agora com seu relato to vendo q não é tão fácil assim! Adorei o texto, é bom a gente aprender com a experiência de outras pessoas! Bjao

Fernanda

11 de Setembro de 2013 às 10:56Responder

Guria! Fiquei em lagrimas aqui! Muita coragem tua! Eu ficaria acabada tb! Beijos @ mamae_gaúcha Fernanda

    Mirela

    11 de Setembro de 2013 às 16:12Responder

    Oi Fê!!! Foi terrivel, espero nunca mais viver o mesmo que vivi naquela noite!

    Mil Beijos

    Mirela

Bruna Bento

11 de Setembro de 2013 às 11:12Responder

quando era criança e ía para praia com minha avó as vezes também tinha dor de ouvido, antigamente não se tinha remédios sempre a mão, então minha avó pegava um pouco de farinha e esquenta na frigideira (sem óleo) despejava em um pano e colocava em cima do ouvido se preciso repetia algumas vezes o processo.. ajudava acalmar a dor e se fosse água ajuda a soltar. fica a dica pra quem não tiver um remédio em mãos realmente funciona na emergência!!

    Mirela

    11 de Setembro de 2013 às 16:11Responder

    Obrigada pela dica Bruna.

    Mil beijos

    Mirela

Kaa

11 de Setembro de 2013 às 14:24Responder

Nossa e eu nunca tive dor de ouvido… nem sabia que água nele pode dar esse problema.
Nunca tinha me dado conta também de como se faz pra tirar água do ouvido de um bebê ou uma criança muito pequena??!!
Quando tiver um filho só não serei um desastre maior graças suas dicas!
Muito obrigada!!
:*

    Mirela

    11 de Setembro de 2013 às 16:10Responder

    :))) Fico feliz que as informações que passo lhe serão uteis.

     

    Mil beijos

     

    Mirela

Patricia

11 de Setembro de 2013 às 17:18Responder

Sabe que lendo essas coisas não me sinto uma péssima mãe, vejo que é normal a gente errar as vezes, que somos humanas, pois normalmente achamos que só a gente erra, só a gente esquece das coisas, e acho que todas as mães são perfeitas menos eu.
Super legal esse seus toques, assim vamos aprendendo mais a cada dia.
Espero que já esteja tudo bem. bjs

Juliana

11 de Setembro de 2013 às 20:00Responder

Ô judiação!!!!! Mas sabe, a gente sempre vai falhar e não se culpe por isso!!! Isso acontece nas melhores famílias!!!!!!
Mais um aprendizado para a coleção né? É assim que a gente aprende!!!

BJosss

Paula

24 de Setembro de 2013 às 14:22Responder

Nao se sinta culpada!! nos sempre fazemos o melhor que podemos!! vc nao agiu desta maneira por que quis… essas coisas acontecem.. eles nao vem com manual, e ele nao gosta menos de vc por isso! Essas coisas acontecem….

Deixe um comentário