20Set/13

No casamento, aparência pode não significar nada

POR: MirelaCATEGORIA: Vida de Casal(32) COMENTÁRIOS

Este é um tema que faz teeempo que eu quero vir conversar com vocês aqui!

Mas antes de mais, quero dizer que, FELIZMENTE nem todas se vão identificar com este texto, e talvez não acreditem, nem concordem com o que eu vou falar a seguir, mas eu tenho certeza que muitas mais do que eu mesma imagino, vão se identificar e compreender perfeitamente.

Lanço vários temas no instagram, para as mamães ficarem conversando entre si, partilhando experiências e compartilhando dicas, e sem duvida, o tema que mais faz as mamães falarem é casamento.

Parece que quando abro portas para o desabafo, sutilmente uma comenta, depois outra comenta também, e quando vejo já está o post cheio de comentários, quase conversa de comadre sabe?

Mas eu do lado de fora e do lado de dentro, sempre consigo observar coisas que provavelmente muitas de vocês também observam e nunca  falam (também nunca abri portas pra que falassem).

Sempre tem umas mães, que dão a sensação de terem tido a benção de receber o marido perfeito! Sabe como é?

O marido que ajuda sem reclamar? Que sabe cuidar? Que compreende, apoia, participa de tudo? Aquele que é companheiro, amigão, que não briga com nada, e para ele tudo está sempre bem, contando que a mulher esteja feliz…Um marido que simplesmente não dá trabalho nenhum! Sabe?

Pois é, eu vou confessar para vocês:

Eu duvido que esse marido seja só qualidades. Todos os maridos tem qualidades E defeitos.

Tenho certeza que muitas se sentem frustradas e infelizes, porque o marido não está sendo como ela sonhou um dia que ele viesse a ser, e quando lê outra mulher contar que existem outros maridos que se revelam "aparentemente" melhores  que o dela,  aí é que a frustração bate de verdade.

Gente, olha só, vocês já ouviram falar daquela historia de que no facebook todo o mundo parece feliz? Então… isso é a mais pura das verdades!!!

Infelizmente, a grande maioria dos homens da nossa sociedade não foi criado como nós gostaríamos ou achávamos que ele tivesse sido, e provavelmente, nós, mães de filhos homens, também podemos errar nessa educação, e transformar nossos filhos na réplica dos nossos maridos.

Vou falar por mim tá?

Eu comecei por ver esses comentários de mulheres com maridos “perfeitos” e a ficar chateada! Cada vez que via um comentário desses, a tendência era cobrar mais do meu marido, que até ali, estava tentando ajudar o mais que conseguia, só que o nível do meu stress, normal para uma mulher que havia acabado de ter um filho, estava alto demais e me impedia de ver isso!

Então, o fato de ver outras pessoas tendo o que naquele exato momento eu estava precisando, me deixava irritada, exigente e frustrada.

Fechava os olhos para as outras milhares de qualidades que o meu marido tinha e tem, e focava apenas no que eu queria que ele tivesse naquele momento, e que estava longe de ter. Nossa como isso era frustrante, stressante e desgastante!

Daí, um dia um casal, que eu admirava demais, que achava o exemplo dos exemplos como casal, e que havia acabado de ter um filho lindo, separou-se! Simples assim! Separou-se… Nossa como aquilo foi para mim um soco no estomago!

Mas acho que deve ter sido culpa da lua, porque depois desse, mais uns 3 se separaram. Casais que eu achava que tinham tudo o que na minha cabeça era essencial para o bom funcionamento de um casamento. O ultimo deles, foi para mim a maior surpresa! Casal lindo, família, vida, historia, tudo lindo, e do nada…  um final triste demais!

Sabe o que tudo isso me fez pensar?

Que o meu casamento, com todos os erros e acertos, todas as brigas e os desentendimentos, com todos os defeitos um do outro… o meu era o único casamento que eu deveria olhar, e acreditar que era exatamente o que me fazia e faz feliz! Eu só não estava conseguindo valorizar o que de fato valia a pena!

Se eu mudaria algumas coisas no meu marido? Lógico que sim, senão também não tinha graça, mas não mudaria a essência dele.

Passamos por crises? Ô se passamos! Principalmente depois que Matheus nasceu! Hoje brincamos um com o outro dizendo que sobrevivemos quase que por milagre, mas que foi super importante passarmos por tudo o que passamos, pois reforçou demais os nossos laços.

Foi desgastante demais. Eu queria porque queria que ele me ajudasse em coisas que ele simplesmente não tinha o menor jeito. Eu queria que ele se transformasse em alguém que eu, no fundo, sabia não ser o meu marido, e não conseguia enxergar que tudo o que estava acontecendo naquele momento, não era culpa dele, e sim “culpa” de uma nova fase da nossa vida, que como todas, precisam de um tempo para se ajustar e adaptar ao “novo”.

Vejo tantas mães reclamando… e tenho certeza que viajam nos pensamentos quando leem os comentários das “sortudas” de plantão que casaram com os “príncipes encantados”… Consigo até vê-las, fervendo de raiva porque davam tudo  naquele preciso momento, para ter o dom de transformar pessoas sem ter que se chatear, neste caso o marido, apenas com o estalar de um dedo.

Gente… dentro de 4 paredes, TODOS, todos mesmo temos os nossos problemas, e acredite, eu não estou com esta conversa, perdoando "os maridos" menos participativos. Eu estou apenas tentando mostrar para vocês, que muitos, muitos casais mesmo, passam por essa fase, só que alguns não conseguem ultrapassar porque se focam nos defeitos, esquecem as qualidades e começam a se cobrar o tempo todo… e não ha casamento que resista a tanta cobrança. 

O seu marido não está te ajudando como você precisava que ele estivesse? Você já tentou de tudo mas não conseguiu fazer com que ele mudasse? Esquece… Começa a lembrar porquê você casou com e saiba que, o fato dele cuidar mais ou menos do seu filho, não faz dele melhor ou pior pai! Tem pai que nunca trocou uma fralda, nunca acordou de noite para ajudar a mãe, mas com certeza tem outras qualidades como pai que você, se ainda não descobriu, vai descobrir em breve, quando o seu filho tiver um pouco maior e socializando mais. Essa primeira fase do bebê é mais para a mãe do que para o pai, e nem todos os pais sabem lidar com ela.

Uns tem problemas com umas coisas, outros com outros, e acreditem “o meu problema vai ser sempre pior e maior que o teu… simplesmente porque é O MEU problema!”

O problema, é que nem todo o mundo mostra isso e você fica fazendo novelas na sua cabeça, que só te vão fazer ficar pior do que você já está… mas tudo por culpa de quem? Do seu cérebro que insiste em fazer um conto de fadas de 10 mil páginas apenas com uma simples fotografia ou com um simples comentário.

Lembre-se sempre disto:

Fora de casa todo o mundo parece ser sempre feliz! Você já viu alguém “normal” querer mostrar ao mundo que tem o pior casamento de todos?

Vivemos numa era terrível… onde todos querem ostentar qualquer coisa… nem que esse algo que não seja verdadeiro, e isso faz com que, aquilo que temos pareça pouco para o que achamos que gostaríamos de ter.

Nós NÃO queremos aquilo que os outros têm… tenho certeza que se tivéssemos o que os outros têm, teríamos novos problemas, e quem sabe seriam bem piores problemas do que temos “hoje”.

Mas prometo que em breve escrevo um post para os pais… vou TENTAR fazer com que eles entendam o que tanto precisamos e eles tanta dificuldade encontram para entender e nos dar… 

Mas temos que admitir… parece fácil lidar com mulher, mas não é assim tanto! Somos complicadas por natureza.

Por hora, vale a pena pensar no que vos falei!

E dica: Quanto mais você cobra, mais eles tendem a se afastar e a fazer pior… é a natureza deles. 

Existem outras maneiras de tentar "ensina-los" a ser o que estamos precisando que eles sejam.

Não adianta você ler no comentário de alguém "eu eduquei ele a ajudar-me logo desde o começo" tal como se fosse uma mãe educando seu filho, porque para o marido dela funcionou, mas para o seu pode surtir efeito totalmente contrario viu?

Não brigue de cabeça quente, nem diga coisas que mais tarde possam fazer voce se arrepender. 

Quer um truque?

Quando tiver com vontade de brigar com o marido, encha a boca de agua e só engula quando se sentir mais calma! 

A água vai ocupar a sua boca e por incrivel que pareça, distrair a sua mente.

Quando se sentir mais tranquila, engula a agua, respira fundo, segura na mão de Deus e vai! 

 

 

     
    TAGS , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

    32 comentários

    32 Comentários

    Marisa

    20 de Setembro de 2013 às 10:32Responder

    HAHAHAHAHAHHAHA .. ta demais :P :D essa da agua ta boa … eu ate diria .. uma cerveja ou um copo de Vinho … abra uma garrafa :D :D :D hahahahha ;) muito bom :D

    Alba

    20 de Setembro de 2013 às 11:01Responder

    Gostei estava precisando ler isso!

      Mirela

      20 de Setembro de 2013 às 11:28Responder

      Fico feliz por isso =)
      Bjsss
      Mirela

    Karina

    20 de Setembro de 2013 às 12:16Responder

    A duras penas eu aprendi e parei de cobrar meu marido e tb parei de me cobrar perfeição. E tudo ficou muito mais leve, mais fácil de levar. Outra coisa que uso muito é diante do problema me perguntar : – Daqui a 1 ano, o que isso vai representar na minha vida?. Nossa é libertador, milhões de brigas evitadas e muito mais sorrisos dentro de casa. Parabéns pelo post.

      Angela

      24 de Janeiro de 2014 às 14:14Responder

      Achei ótimo!!!

    Mariana

    20 de Setembro de 2013 às 12:21Responder

    Oi Mirela,

    Esse seu texto é a mais pura verdade! Pra quem quer viver no mundo da fantasia basta vê o facebook, porque nunca vi tanta gente feliz e mostrando o que não é, todo mundo tem o direito de ser feliz mas acho que tem coisas que não é necessario sair divulgando para todos, pois no meio de tudo ainda existe a inveja kkkkkkk Quanto a meu marido, ele tem defeitos e qualidades, do mesmo jeito que eu também tenho, afinal somos humanos né? Enfim muito bom seu texto, adoro seu instagram e fanpage.

    Beijos

    Giselle

    20 de Setembro de 2013 às 14:13Responder

    Queira te agradecer imensamente pelos dois últimos posts. Não sabes o bem que me fez. Passei por maus momentos quando o Saulo nasceu por me cobrar e cobrar meu marido. Teus textos me ajudaram a organizar ainda mais meus pensamentos e o meu coração. Obrigada mesmo. Deus te abençoe. Beijo Giselle

      Mirela

      24 de Setembro de 2013 às 14:12Responder

      Fico imensamente feliz em ler isso

      Muito obrigada por ter deixado seu comentario

      Mil beijos

      Mirela

    Renata

    20 de Setembro de 2013 às 15:09Responder

    Mirela, sigo você no instagran e tenho lido seus textos aqui no blog e adorado.
    Depois que a mulher tem filho, a vida muda e ninguém te avisa sobre isso. Principalmente o casamento, quanta mudança.
    Parabéns por abrir esse espaço que serve de consolo e conforto para muitas pessoas.
    Um beijo

    Carla

    20 de Setembro de 2013 às 15:31Responder

    Mirela! Tu és demais! Tu não imaginas como foi bom ler isso!
    Adoro a honestidade dos teus post! São suuuuuper verdadeiros!
    Muitíssimo obrigada!
    Um grande beijo! Carla

    Tamara Sena

    20 de Setembro de 2013 às 21:16Responder

    Texto perfeito! Traduziu um sentimento mto presente nos lares. A realidade munca esta exposta. Mas sdentro de casa, so as maes é q sabem. Parabens, escreveu lindamente.

    erika

    21 de Setembro de 2013 às 13:56Responder

    tenho uma amiga, com o casamento perfeitíssimo que deveria ler esse post, para ver se ele se vangloriava menos!!!!

    Morena

    21 de Setembro de 2013 às 14:21Responder

    Que bom ler algo real sobre a vida real!!!

    Luciana

    21 de Setembro de 2013 às 17:26Responder

    Nossa, obrigada por isso! Acabei de ter uma filha, está com 20 dias, e já tenho outra com 3 anos (não está fácil). Realmente, a gente espera sempre mais do marido, e acaba ficando frustrada pq não acontece, e brigando com o coitado…. Me fez repensar em como estou sendo injusta com ele! bjos

    Sam

    22 de Setembro de 2013 às 10:51Responder

    Mirela, Parabéns pelos posts me identifico demais com eles.
    Sempre achei q minhas amigas pegaram os príncipes e me restou o sapo. Mas, a cada dia estou aprendendo a valorizar o q eu escolhi para chamar d meu e tbm tentando ser uma mãe e esposa melhor afinal, nós mulheres tbm temos defeitos (embora quase não encontre em mim kkkkkkk #sóqnao)
    obrigada por partilhar conosco suas experiências, aprendo d+ com elas e com tds os comentários tbm.
    t sigo no insta mas não comento (fico só na vontade) pq meu perfil eh meu e do marido.
    Amodoro
    e t desejo td sucesso e felicidade.

      Mirela

      24 de Setembro de 2013 às 13:47Responder

      :))) Os sapos existem em todas as casas, as vezes eles estao escondidos por baixo dos tapetes hihihi

      Mil Beijos

      Mirela 

    Carolina

    23 de Setembro de 2013 às 12:44Responder

    Oi mirela! Ainda bem que existe i blog. Estou com um bebê de 1 mês e meio e me acalmei muito ao perceber que meus medos e problemas também são os de muitas mamães. Parabéns pelo blog ;)

      Mirela

      24 de Setembro de 2013 às 13:46Responder

      Obrigada pelo carinho Carol.

      Sem duvida, os medos sao quase sempre os medos :) Mas passam!

       

      Mil beijos

      Mirela

    Paula Sachi

    24 de Setembro de 2013 às 14:07Responder

    Adorei o que vc escreveu! Muito bem! achei o texto, muito sincero e acima de tudo é uma coisa que é sempre bom ouvir! Parabéns, assim vc nos faz refletir sobre o assunto!

      Raquel de Paula Monteiro

      24 de Setembro de 2013 às 14:39Responder

      Mirella, parabéns pelo seu blog!!! Penso exatamente igual!!! Você vai longe amiga!!! Bjs, Raquel.

    Gabi Urtiaga Mathias

    3 de Outubro de 2013 às 20:01Responder

    Que texto ótimo Mirella. :)

    Carla

    3 de Outubro de 2013 às 22:45Responder

    Mirela, estou adorando seu blog, parabéns e continue compartilhando com nós…gostei do seu comentário, foi muito válido, estava precisando mesmo de algumas dicas. Sou mãe de primeira viagem e estou identificando muito bem com seus textos, obrigada. Meu menino nasceu em 27.12.2011, um lindo garoto Antônio Miguel…bjuuuuu

    Raquel

    4 de Outubro de 2013 às 13:06Responder

    Adorei o truque da agua, vou pratica-lo da proxima vez rs

      Mirela

      7 de Outubro de 2013 às 13:43Responder

      Costuma dar muitooo certo :)))

      Bjão

      Mirela

    alessandra khaory

    10 de Outubro de 2013 às 20:01Responder

    adoreiiii seu post Mirela! Como e comum,pensarmos mesmo isso,kkkkkk
    Adorei sua coragem em falar tao bem,desse assunto q todas ABAFAM,rsrsrsrs…..
    Como dizem: tudo do vizinho e melhor,mas nem sempre.
    Com certeza,temos q olhar e valorizar nosso marido,pois a vida e tao curta para ficarmos brigando..
    um bjaooo

    camila

    29 de Outubro de 2013 às 22:13Responder

    Mirela,
    Quanta verdade em poucas linhas…como é bom ler isso e ver que o casamento e a vida não é “moranguinho” pra ninguém. E Obrigada por vc não fazer a linha hipócrita do “somos felizes e realizados”. Adorei o post e tenho amado teu blog! Tudo muito verdadeiro.
    Bjs
    Virei fã!!!!

    Gisele

    20 de Maio de 2014 às 21:51Responder

    Adorei seu post! Ha poucos dias passei a ler e realmente a gte se identifica muito com várias abordagens.

    Andreia

    9 de Setembro de 2014 às 19:58Responder

    Obrigada Mirella VC sempre nos ajudando quero um dia pode te conhecer pessoalmente já que moro na mesma cidade .Adoro seus post sempre mim identifico ..bjao

    Lidiane

    9 de Setembro de 2014 às 19:59Responder

    Mirela! Vc economiza horas de terapia. Seus posts sao uma luz no fim do túnel! Uma chance de recomeçar por um outro ponto de vista! Obrigada! Nao por este post em especifico, mas por esses temas que as vezes nos enlouquecem. Obrigada mais uma vez

      Mirela

      9 de Setembro de 2014 às 20:58Responder

      =))) espero conseguir ajudar mesmo!!!

    Priscila

    10 de Setembro de 2014 às 15:37Responder

    Oi mirela, nossa você não sabe como é renovador acompanhar o seu blog. Todo mundo tem seus problemas embora nem sempre aparentam.
    É você aqui expondo a realidade faz com que nos leitoras sintam se aliviadas.

    Deixe um comentário