27Mai/15

A escolha dos nomes MATHEUS E BRUNA

POR: Mirela AciolyCATEGORIA: Diversos(7) COMENTÁRIOS

roteiro-baby-como-escolher-nomes-de-bebes

Tinhamos pouco mais de um mês de namoro quando eu e Saulo falamos pela primeira vez em filhos.

Foi algo natural e coincidentemente (ou não) sempre falamos que seria um menino e por isso escolhemos cedo o seu nome: Guilherme!

Pois é, Matheus foi durante anos, Guilherme mas sabe Deus porquê, deixou de ser no dia em que engravidei.

Quando soubemos da gravidez, Saulo ficou na duvida do nome e quis pensar noutras opções e eu concordei porque naquele momento, Guilherme não tinha mais tanta graça.

Fiquei quase até os 6 meses sem ter o nome do meu filho escolhido.

Um dia gostávamos de Lucas, outro de Vinicius e outro de Gabriel… Até que um dia um de nós (que Saulo jura ter sido ele, mas eu não tenho certeza), deu a ideia do nome Matheus, a família gostou e pronto, ficou.

Aos seis meses de gestação, Matheus ganhou seu nome e pouco tempo depois, soubemos que Matheus significa presente de Deus. Não poderia fazer mais sentido ele ter esse nome, pois nunca contei pra vocês, mas a minha gravidez foi me revelada num grupo de oração (prometo contar mais detalhadamente depois porque é emocionante).

E foi assim que Matheus virou Matheus.

A escolha do nome Bruna foi um pouco mais interessante.

Eu já contei pra vocês que não imaginei nunca que seria mãe de menina um dia, né? Pois é, nem eu nem o marido. Jurávamos de pés juntos que eu estava grávida de outro menino e era quase certo que iria ser Gabriel. Era tanta a certeza de que seria OUTRO menino que hora nenhuma sequer pensámos em nome para menina.

Vez ou outra lá falamos no assunto mas parecia que não fluía. Bruna era de fato um dos nomes que gostávamos mas nunca foi coisa pra dizer “é esse”. A filha da madrinha do Matheus é Bruna, e nós numas férias que passamos juntos, gostamos do nome, mas foi tipo: Oh gosto do nome Bruna. Você gosta? Gosto!

É que os nomes que eu gostava (e ainda gosto) não são nomes que se usem no Brasil e alguns nomes que se usam e soam bem aqui, não soavam bem no meu ouvido.

Quando foi para nos revelarem o sexo, as meninas que estavam organizando pediram os nomes que tinhamos escolhido, e na hora eu fiquei meio sem saber o que responder. Perguntei pra Saulo se ele gostava de Bruna e ele falou que sim mas que não tinha certeza, dai eu pensei: Ah vou colocar Bruna mesmo, e depois logo vejo.

Só que gente, no dia da revelação, as meninas quando entregaram os balões para o Matheus nos presentear, falaram pra ele que quem estava na barriga da mamãe era a Bruna e ele na mesma hora fechou o nome na cabeça dele e pronto! Não teve mais jeito. Ficou Bruninha (como ele automaticamente a intitulou).

Na hora, com toda a empolgação eu nem pensei em nada e quando postei no instagram que era uma menina de nome Bruna, foi que ganhei consciência de que tinha decidido o nome e já não tinha volta a dar.

Para me fazer sentir “melhor”, escutei o meu marido no telefone dizendo para um amigo:

“Eu nem tive tempo de escolher. Quando vi já o Brasil inteiro estava sabendo que era Bruna!”

Gente, na hora me deu um nó na garganta que cês nem imaginam… Ai fiquei tipo, uma semana sem conseguir tocar no nome Bruna principalmente na frente dele, mas consegui ter “coragem” e perguntar se ele estava de acordo com a escolha e ele falou que por acaso até estava Ufaaa mas que preferia ter tido mais tempo pra pensar, mas pronto.

E foi assim, sem direito a muita escolha que a Bruna virou Bruna.

Mas confesso… não imaginaria e ainda hoje, não imagino outro nome para a minha filha. O nome Bruna veio meio que na pressão mas ainda bem. Todas as Brunas que conheço são gente querida, do bem então a minha Bruna vai ser também =)

Só pra matar a curiosidade, os nomes que eu falei que gosto e Saulo não gosta são:

Para menina: Matilde, Emilia e Olivia são os que eu me lembro.

Para menino: SIMÃO (sempre foi o meu favorito, mas aqui tem essa história do macaco então não teve nem chance).

Eu sei, eu sei, nomes antigos, mas eu gosto tantooo! kkkkk

Ahhh, não pensamos em ter o terceiro, maaas se tivermos, não sei qual será o nome. A uníca coisa que vou deixar pra ser o marido a escolhar, porque né… hahaha

 

[essb-fans style=flat cols=4]
 
TAGS

7 comentários

7 Comentários

Bruna Fortunato

28 de Maio de 2015 às 9:26Responder

Mi… amei o nome (igual ao meu… e sou gente boa tbm rs).
A minha filha se chama ISABEL, e coloquei em homenagem a minha mãe MARIA ISABEL (ela era brasileira, mas seus pais eram Portugueses, minha avó era Elvira, e meu avô Constantino – bem portugueses né?! e minha mãezinha também Maria Isabel), muito pensam mas não falam, mas eu sei que pensam “nome de velho(a)” porém eu amo, e corresponde a uma Mulher VIRTUOSA E IRREPREENSÍVEL (correta), segundo a Bíblia.
Seus filhos tem nomes lindos… Parabéns!!!
Bjusss

Evelyn Costa

3 de Junho de 2015 às 10:34Responder

Oi, Mirela!
Conheci vc pelo Instagram a pouco tempo e já adoro suas mirelices, rsrs. Tenho uma filha de 6 meses que se chama Olívia, e quando anunciei o nome, minha mãe mesmo não gostou muito, tenho certeza disso. Ela diz que não, mas a cara dela confessava, kkkkk. Eu sou apaixonada por “nomes antigos”. Bjim…

Bruna

9 de Junho de 2015 às 11:14Responder

Eu acho Olivia um nome lindo! Já pensei em colocar na na minha filha, se um dia tiver uma! hahaha
e o meu também é Bruna! =)

Kariny

16 de Junho de 2015 às 12:55Responder

Olá Mi, há um tempo te acompanho pelo instagram e snapchat, agora estou viciada no seu blog, quando você fará novas postagens por aqui? Estou sentindo falta rs. Sou fã das suas Mirelices e do Matheus.
Um beijo, sucesso!

Carol

16 de Junho de 2015 às 16:00Responder

Olivia é um nome lindo! Daria pra usar de boa aqui no Brasil!! Mas vocês arrasaram no nome escolhido! Bruna é um nome lindo!

amamentando n madrugada

16 de Junho de 2015 às 18:40Responder

Lindos os nomes amei!

Ana Paula Chacon

19 de Junho de 2015 às 19:29Responder

Amei!!! A minha será Olívia!!! Mas o marido ainda ñ concordou 100%! kkkk Bjsss

Deixe um comentário