9Ago/14

3 Dicas (infalíveis) para evitar uma birra em publico

POR: MirelaCATEGORIA: Dicas, Papo de Mãe(8) COMENTÁRIOS

Como vocês sabem, por aqui parece que chegamos no auge dos terrible two e com isso, as birras estão ficando cada vez mais frequentes e isso está me tirando do sério.
Embora Birras sejam constrangedoras, todos já passaram por isso ou vão passar e claro, todos sabem que as crianças parece que adoram escolher os momentos mais inoportunos para fazerm birra, só que isso não significa que, por você saber que é normal, deve ficar apenas vendo o seu pequeno dando chilique.
Eu mesma precisava de uma solução urgente e nas minhas pesquisas, encontrei várias dicas para evitar os choros dramáticos, mas só três de fato têm funcionado por aqui.
Anote ai o que tem dado certo por aqui para tentar colocar em prática assim que a próxima birra aparecer:

1. Crie uma distração

Ande sempre com objetos divertidos na bolsa.
Quando você apresenta um brinquedo ou algo novo (pode ser até aquele brinquedo legal que fava escondido há algum tempo), essa distração lhe dá a oportunidade de parar a birra antes mesmo dela começar pra valer.

2. Comece a rir

Pode parecer meio estranho mas quando os pequenos começam a fazer birra, eles estão à espera de uma reação negativa vinda da nossa parte. Se você reagir de forma inesperada à birra, o cérebro do seu filho reavalia a situação e passa a agir com o lado racional e não com o lado emocional. Durante o acesso de raiva, o objetivo é fazer com que eles voltem a pensar logicamente (sim, até mesmo uma criança pequena pode pensar logicamente).
Rir durante a birra é muitas vezes o empurrão inicial que o cérebro do seu filho precisa para desligar a emoção e parar para escutar o que você está falando.

Outra vantagem de rir é mostrar para os outros (a plateia) que você está no controle da situação.
Se você é daquelas pessoas que se preocupa com o que os outros vão pensar, rir vai mostrar que você já conhece esse comportamento e nao está preocupada com a situação.
A verdade é que gritar e ter acessos de raiva só vai fazer você parecer incompetente e impulsiva. Se lembre disso. =)

3. Estabeleça um sistema de incentivos, e não de subornos

Subornos não são legais de serem usados na criação dos filhos. Suborno por um bom comportamento prepara os pequenos para uma próxima birra, tudo porque eles vão continuar fazendo apenas o que funciona. No entanto, você pode estabelecer um sistema de incentivos, você vai ter “na mão a arma perfeita” para para evitar futuras birras. Se você prometer ao seu filho por exemplo que vão passear depois do almoço, ameace tirar a recompensa prometida durante a birra. E se você nao tiver pré selecionado um incentivo, corte então privilégios (eu corto logo a Peppa antes de dormir rs) para acabar com o “escândalo”.
Só não vale cruzar a linha entre tirar incentivos e ameaçar tá?
Não ameace nunca o seu filho com danos físicos ou punições do gênero.
Eu aprendi que a nossa melhor solução para ter cooperação, é o respeito e a confiança mutua.
É possível incutir senso de respeito sem assustar os nossos filhos com submissão.

Sabia que as crianças sentem a nossa insegurança e por isso as birras são tão comuns?
Ter um plano sólido para lidar com a birra deixa você no controle e o ajuda a manter a calma na hora H.

Da próxima vez que tiver de frente para uma birra, experimente uma dessas dicas e veja como funcionam.

[essb-fans style=flat cols=4]
 
TAGS , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

8 comentários

8 Comentários

Anne

9 de Agosto de 2014 às 12:24Responder

Complicada essa fase. A minha se jogava no chão toooodo dia querendo alguma coisa. Tava desistindo, quando de repeeeente descobri a técnica do 1,2,3… Tava mandando ela arrumar os brinquedos, pq todo dia era a mesma coisa.. Eu tentava de tudo e ela nao arrumava nada! Enfim, falei.. Vou contar de 1 a 10, se nao arrumar vai ficar de castigo.. Qd cheguei no 2 ela se desespeeeerou pedindo pra eu nao contar. Desde ai, acabaram as birras.. Qd ela pensa em chorar eu ja to dizendo "ah, vou ja começar a contar". JUUUURO q havia tentado de tudo e SÓ ISSO funciona há uns 3 meses já.. É outa criança.. Ufa!

Camilla

9 de Agosto de 2014 às 12:35Responder

Ótimas dicas!

a minha baby ainda ta com 1 mês, mas tenho uma enteada de 4 anos. Quando ela tinha uns 2 anos, tentou fazer birra uma vez, mas meu marido é muito seguro como pai e controlou a situação. Não sei se eu conseguiria sozinha, por isso essas dicas foram valiosas!! 

Lilian

11 de Agosto de 2014 às 9:50Responder

Essa de rir é nova! Mas tem lógica!! Vou fazer!!! BJ!

Flávia

12 de Agosto de 2014 às 9:23Responder

Muito bom! Tenho um filho de 1 ano e 7 meses e isso começou a acontecer com frequência. Achei interessante a dica sobre rir. Sempre achei que rir incentivaria a fazer mais birras, já que o objetivo da criança é chamar a atenção. Vou tentar fazer assim. E ignorar a birra, se afastando um pouco? Eu faço isso e funciona (quaaaase sempre hehehe). Sobre a dica de oferecer um brinquedo para distração, infelizmente aqui ainda não rolou… Ele fica mais bravo ainda e joga longe!

Cassia

12 de Agosto de 2014 às 18:30Responder

Meu filho começou com os gritos qdo fez 1 ano e 2 meses. E grita por nada, já não sei o que fazer!!! Vou tentar essas dicas. Bjs

welem

13 de Agosto de 2014 às 1:19Responder

Hahaha essa da Peppa aki tbm funciona rsrs, agora a de rir vou aplica-la, essa é nova hehe

Guilherme

22 de Agosto de 2014 às 15:13Responder

Cid@

22 de Agosto de 2014 às 16:23Responder

Gostei das dicas, vou colocar em prática quando precisar… 🙂

Deixe um comentário